Tag - foco

Pare de guardar SPAM Mental.

Quando gerenciamos e-mails, um ponto que incomoda a maioria das pessoas é a quantidade de lixo eletrônico que você recebe. Toda semana você limpa e quando menos espera, eles estão de volta.

Assim como um e-mail, você guarda na sua mente um monte de spam que só ocupam espaço e não te ajudam em nada. Porém a diferença é que, muitas vezes, gostamos de guardar, alimentar e transferir para a caixa de entrada que demanda mais foco, energia e atenção.

E eles adoram, pois passam de desconhecidos para atores principais, detonando sua motivação, autoconfiança e ação.

Medos, insegurança, dúvidas sobre sua capacidade de realização, entre outros. Mas sabemos que não é tão simples assim de jogar fora.

Você precisa compreender o que gera este medo e demais situações. Desta forma, pode trabalhar potencializando suas forças, diminuindo assim a intensidade do spam mental.

Se você apenas coloca para fora, sem o conhecer, ele pode voltar com força e te controlar.

Compreender o que sente, gera e é a causa raiz pode te dar clareza para gerenciar suas atitudes e respostas frente aos desafios.

Eles normalmente podem aparecer quando você é desafiado a sair da sua zona de conforto e ir além. Temos um receio enorme de perder algo como espaço, contatos, entre outras coisas. Não mudamos para continuar com este ganho secundário. Portanto para lidar com este spam mental é preciso de autoconhecimento, para aprender a nomear, ressignificar e desenhar novos padrões mentais e atitudes.

Agora o que não pode é você dar espaço para a entrada deste lixo mental, não fazer nada para mudar, ficando inerte e insatisfeito consigo. Vira um ciclo, um padrão automático de autodestruição.

É preciso persistência consigo e uma vontade enorme de ser ainda melhor.

Descobrir o seu potencial será fundamental para gerar autoestima, segurança e foco para fazer acontecer. Quando conectamos nossa caixa de ferramentas a um propósito, abrimos um espaço gigantesco de possibilidades e conexões.

Você verá que não terá mais espaço para o spam ou caso ele entre, perderá sua força e indo embora. Afinal as escolhas estarão nas suas mãos com autoresponsabilidade e consciência.

Chega de spam mental!!!

Curtiu este post? Compartilhe com sua rede.

Será que você não está dando um tiro no pé na sua carreira? Confira este artigo. Clique Aqui.

Mude sua Configuração Mental.

Para escrever uma nova história na sua carreira, você precisa direcionar suas atitudes na direção de seus objetivos. Mas como fazer isto dar certo?

Responda as seguintes perguntas para autoconhecimento:

  • Você acredita que tem potencial para assumir uma posição de destaque?
  • Quando observa o contexto atual, visualiza caminhos para fazer a diferença?
  • Para a sua carreira decolar, você precisa que outras pessoas, empresa, gestor façam a sua parte ou é você quem precisa transformar a sua realidade?

O seu mindset determina o seu sucesso!

Você sabe o que é mindset? É a sua configuração mental. A forma como você enxerga o mundo é que vai comandar as suas ações e resultados.

Se você encara os seus comportamentos como a síndrome do: eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim; o resultado será nada mudar.

Você nota que sua atitude o leva sempre aos mesmos lugares até pela sua zona de conforto, então é sinal que a sua forma de encarar a realidade está prejudicando o seu sucesso. Precisa mudar seu mindset; a não ser que você queira ficar como está, então tudo bem.

Caso contrário, você precisa avaliar profundamente suas crenças, ou melhor, as verdades que acredita sobre você, sua carreira e mundo à sua volta.

A sua configuração mental pode mudar, uma vez que temos a neuroplasticidade. Nosso cérebro tem a capacidade de se transformar com estímulos constantes.

Portanto, para começar a gerar resultados positivos na sua carreira, seguem algumas dicas:

  • Reconheça seus pontos fortes e valorize suas atitudes. Tem dúvidas sobre o que faz bem? Peça feedback!
  • Observe sua história e veja seus momentos de orgulho. Verá seu sucesso e mindset fortalecedor em situações que já superou. Pode se sentir mais forte do que pensa.
  • Construa hábitos que te preencham de disposição. Networking, cursos, atividade física, autoconhecimento, entre outras. Eleve sua energia e coloque-se em movimento. Gera novas ideias.
  • Tenha uma meta clara que queira muito alcançar, assim não perderá tempo com seu crítico sabotador.
  • Pare agora de ver o mundo como um campo de combate. Aqui é uma escola para aprendizados e evolução.

Para o sucesso profissional se tornar realidade, você precisa assumir a responsabilidade de sua carreira. Não espere pelos outros para fazer acontecer. Crie suas próprias metas e busque pelo seu desenvolvimento.

Obstáculos são oportunidades de te elevar, portanto configure sua mente para enxergar sua grandiosidade. Você entrar em ação com assertividade e seus resultados serão cada vez mais surpreendentes.

Curtiu este post? Compartilhe!!

Qual será seu foco em 2018?

Chegou o final de mais um ano e, com ele, as tão conhecidas listinhas de metas e sonhos para o próximo. Refletimos sobre o ano que passou e prometemos que “dessa vez será diferente”. Escrevemos nossa lista de desejos com 10 pontos, um para cada área da nossa vida. Pronto, agora vai! E vira mais um ano e não vai.

Você se frustra e sente que não sai do mesmo lugar. Isso acontece contigo?

Nos sentimos sempre apagando incêndios; fez muita coisa, mas nada que o levasse a conquistar o seu real sonho. Como escrever uma nova história? Fazer acontecer em 2018?

Uma coisa é fato: não é o ano que precisa mudar e sim você!

O primeiro passo é mudar sua configuração mental. O que acredita sobre você? Sobre suas habilidades e pontos fortes? Mude suas crenças e mudará seu mundo.

Na sequência, defina a sua prioridade, o seu foco para 2018.

Um dos principais erros que as pessoas cometem é definir muitas metas. Deixa a pessoa confusa, com a energia dividida com vários pratos rodando e no final não sai do lugar.

Qual será a sua principal meta para 2018? Ou qual área da sua vida será a sua prioridade para o ano? Faça uma escolha consciente e responsável.

O próximo passo é transformar o seu sonho, desejo em uma meta. Caso contrário, ficará somente no mundo das ideias. Descreva objetivamente o que quer. Quanto mais específico, melhor, pois terá total clareza de seu alvo.

Por exemplo, quero mudar minha carreira, quero melhorar minhas finanças. Isso é muito amplo e você não sairá do lugar. Quero uma promoção em 10 meses para o cargo de gestor de vendas. Quero quitar as dívidas de 50 mil até dezembro de 2018. Percebe a diferença?

Agora uma pergunta-chave: O quanto você realmente quer isso? Se não for realmente importante e você não estiver 100% conectado a este sonho, simplesmente não vai se motivar para se mexer. Se suas células, corpo, energia quiserem realmente isso, você irá respirar esta meta e fará acontecer, independentemente de possíveis obstáculos.

E a sacada de ouro: Divida a sua meta em etapas ao longo do tempo. Parece óbvio, mas muitos não fazem.

Desistimos dos sonhos porque queremos algo em 1 ano, mas hoje lamentamos de não ter o todo. Na prática, quero 500 mil na conta em 1 ano e hoje já quero este valor e lamento de estar endividado. Se divido esta meta, mês a mês, percebo que o que preciso realizar esta semana é apenas fazer uma planilha de Excel com minhas entradas e saídas. Isso dá motivação, pois estará em movimento. Torna sua meta tangível e você se anima a cada passo dado.

Quando você percebe que pode com estas etapas virar o jogo e fazer um 2018 diferente, te empodera do seu potencial! Está nas suas mãos agora. Bora escrever um ano de sucesso?

Precisa de ajuda para construir uma carreira de sucesso? Conheça as soluções da Make Different, empresa para apoiar profissionais a terem mais protagonismo. Acesse www.mdifferent.com.br

Assista os vídeos sobre planejamento do Sacadas de Carreira. Clique Aqui.

Flexibilidade não é desorganização!

“Não tenho tempo”, “podemos renegociar o prazo?”, “não vou conseguir”. Frases comuns ouvidas e emitidas por nós para darmos conta de nossa rotina corrida. Quem nunca falou?

“Você precisa ser mais flexível!”. Emitimos esta frase como uma capa protetora para não mostrarmos realmente uma falta de desenvolvimento de uma competência: organização.

Vamos separar o joio do trigo: Flexibilidade não é desorganização!

Colocamos na mesma bacia e jogamos facilmente no outro, algo que precisamos desenvolver internamente.

Ser flexível é se adaptar, mudar quando necessário, compreender e aceitar outras ideias, caminhos ou pensamentos. Pode ser também maleável e realizar várias atividades e aí que se conecta com a organização.

Ser maleável e compreender o outro, não quer dizer, que temos de descumprir prazos e achar que o outro sempre tem de se adaptar a você.

Somos muitas vezes um polvo e não nos organizamos, não definimos prioridades dentro das 24 horas que temos. Projetamos que o outro precisa entender e se ajustar à nossa demanda.

Para te apoiar, quero pontuar algumas dicas:

  • Assuma que você precisa se organizar. Ter consciência e aceitar traz autorresponsabilidade. Você é o agente da sua história e dono de seu tempo;
  • Qual é o seu propósito? Onde quer chegar? Ter um alvo, uma meta ajuda a direcionar seu tempo com fluidez e consistência;
  • Defina prioridades. O que é urgente e o que é importante? Não existe “focos”. Qual atividade fará hoje? Crie sua lista de tarefas para tirar da cabeça a confusão mental;
  • Aprenda a dizer não. Avalie o que é possível assumir neste momento e coloque limites, caso contrário, não fará com qualidade ou pode deixar alguém na mão. Resultado é um desgaste de energia e pode se queimar com o outro;
  • Seja produtivo com seu tempo. Produtividade é organizar seu dia em atividades que te levem para seu propósito. E não fazer mais com menos, correndo e atropelando;
  • Tenha empatia. Troque de papéis e se pergunte: É bacana atrasar sempre? Se você precisasse do material para seu projeto, você iria gostar? #ficaadica;
  • Divida em passos. Pegue sua meta e distribua em etapas. Ajuda a clarear o caminho e exatamente o que precisa realizar;
  • Ajuste com os envolvidos. Com os passos anteriores, muita coisa mudará na sua rotina. Converse, alinhe de forma franca e honesta com seus parceiros e pessoas envolvidas. Seja também flexível!

Ser flexível é mais do que ser organizado. É se comprometer com seus propósitos, assumir seus atos e trocar verdadeiramente com os outros. É ser recíproco, apoiando, para que ambos cresçam, brilhem e tenham sucesso.

Artigo publicado na coluna Carreira com Propósito de Aline Gomes para a Cloud Coaching:

http://cloudcoaching.com.br/flexibilidade-nao-e-desorganizacao/post#.WYNirogrLIU

Curtiu este post? Deixe seu comentário.

Foco é saber dizer não.

Foco é uma das competências que os profissionais mais precisam desenvolver para conquistar seus sonhos e metas. Mas por que é tão difícil ter foco?

Muitos dizem que com o crescimento do acesso a era digital, o número de informações que passa pela retina da pessoa é maior, ou seja, mais opções e também distrações.

Este é um ponto relevante, mas hoje quero trocar contigo sobre outro ponto: foco é saber dizer não.

Busquei no dicionário, o significado da palavra foco e encontrei textos que me chamaram a atenção. “Ponto de convergência ou donde saem emanações = centro. Ponto ou espaço onde se concentra um feixe de luz”.

Foco é onde se concentra a luz ou o centro. Com isso, te pergunto: Você tem clareza do que quer exatamente para sua carreira? Sabe onde quer chegar? Tem um sonho ou uma meta que quer alcançar?

Muitas pessoas não possuem foco, justamente porque não possuem esta consciência do que querem. Ficam perdidas com diversas metas, por exemplo, ou não conseguem escolher uma porque querer mudar sua carreira por estarem infelizes.

Mas, não significa que ao escolher uma opção é um caminho sem volta. Sartre já dizia que escolher é um ato que gera muita ansiedade, pois é fechar algumas possibilidades, mesmo que inconscientemente.

Escolher não é algo engessado, mas é uma direção a seguir neste momento de acordo com o que é importante para você. Por isso, alguns dizem que não existe “focos” e sim foco. Para evitar sua energia ficar dividida e você não chegar a lugar algum.

E é neste ponto que digo que foco é saber dizer não.

É você quem sabe o que é melhor para você. Somente você. Por isso, autoresponsabilidade! Assuma o comando e seja o protagonista da sua carreira.

Ouça, peça ajuda, troque com seus amigos, familiares, mentores; mas, no final, escolha o que você acredita que seja o melhor caminho a seguir.

Vejo muitos clientes que não possuem foco, mas que acabam sabotando seus sonhos, sem ter consciência do que ocorre. Pergunto: O que tem de bom não ter foco? A primeira resposta é nada. É sua mente te protegendo de encontrar o “x” da questão.

Alguns não conseguem dizer não para as pessoas, pois inconscientemente, tem receio de não ser querido, aceito, amado pelo outro. Já parou para pensar nisso?

Outros não têm foco, pois tem medo do julgamento das pessoas ao colocar sua ideia ou escolha no mundo.

Ora se foco é o centro onde tem o feixe de luz, porque abandonar os seus sonhos para agradar os outros ou receio de não ser capaz, se é o que você mais quer?

Sei o quão desafiador é, mas, se pergunte: Como posso ser aceito, amado, ter o apoio das pessoas de forma plena e segura com meus talentos? Como não me sabotar? Como seguir com minha ideia e projeto, com o que tenho de melhor?

E as vezes, a resposta será dizer não. Colocar o mundo no mute, estabelecer limites e ouvir a sua própria voz: a voz do seu coração.

Honre o feixe de luz que sai das suas paixões, do que traz sentido para sua vida. Se você acredita que o caminho escolhido é o correto, que faz seu coração vibrar de felicidade; feche qualquer porta para distração para chegar no seu centro, ou seja, no seu sonho.

Se este sonho é realmente importante para você, direcione suas ações e aprenda a dizer não: para as pessoas tóxicas, projetos irrelevantes, parceiros que não se conectam com sua proposta de valor, distrações nas redes sociais, etc.

O foco é primo da determinação e sua irmã persistência. Também é melhor amigo da coragem.

Escolha com sua verdade e deixe seu feixe de luz brilhar na direção de seus sonhos.

Artigo publicado na coluna Carreira com Propósito de Aline Gomes para a Cloud Coaching:

http://www.cloudcoaching.com.br/foco-e-saber-dizer-nao/post#.WV5RCYjyvIU

Curtiu este post? Assine a newsletter e receba por e-mail, sacadas para decolar sua carreira.

5 Sacadas para Ter Sucesso Profissional em 2017!

Adeus ano velho, feliz ano novo! Mais um ano se foi e a verdade é que nada mudou na sua carreira. O tempo passa, o tempo voa e a sua carreira não fica numa boa. Você nota que não está feliz, motivado e apaixonado pelo que faz.

São várias as desculpas: o tempo, a crise, seu gestor, sua família. Suas perspectivas quando olha para o futuro, te deixam ainda mais ansioso. O que fazer?

Uma coisa é fato: se passou um mês, seis meses, um ano, dois anos e nada mudou à sua volta; será que não está na hora de fazer algo por si e realmente mudar?

Para entrar o ano de 2017 com o pé direito, quero te dar 5 sacadas para conquistar o sucesso profissional:

  • 1 – Tenha autorresponsabilidade. Chega de desculpas e culpados. Assuma o comando da sua carreira! O ponto aqui não é se culpar, atirando todas as pedras em você, mas compreender que precisa se autoconhecer para dar um melhor direcionamento nos seus talentos e pontos a melhorar. Não se sabote, se supere com o que tem de mais fantástico. Você pode ser seu maior obstáculo, como também seu maior presente.
  • 2 – Encerre ciclos. Leve para 2017 somente o que for bom. Jogue fora, doe objetos, ressignifique e colha os aprendizados. Se não foi reconhecido, promovido, não trabalha com o que ama até agora, não quer dizer que será assim para sempre. Escolha mudar e desenhar novas possibilidades. Pense que aquilo que não está bom é uma fase, um processo, algo temporário. Só será o fim do túnel se você quiser. Libere espaço para o novo entrar.
  • 3 – Viva o presente, o agora. A sua carreira de sucesso é construída passo a passo. O que faz hoje determina o seu amanhã. Viva agora com mais alegria, mostre seu potencial hoje, brilhe no seu trabalho já. Olhar para o passado não traz nada de novo, pois não pode mudá-lo. O futuro é sinal de ansiedade pelo não saber. O que precisa colocar foco é no agora. Agora viva sua carreira com mais sentido. O que pode fazer hoje para sua carreira decolar? Como pode agir agora de forma diferente, para novos resultados?
  • 4 – Tenha clareza de seu objetivo profissional. Saiba exatamente o que quer. Foco é fundamental. Queremos muitas coisas e isso faz nossa energia ficar dividida. Tenha uma meta SMART, ou seja, específica, mensurável, atingível, realista e com um prazo para a realização. Assim, terá a viabilidade e ações na prática para conquistar o que deseja.
  • 5 – Xô zona de conforto! Para vencer o medo, a insegurança, a procrastinação e a inação, coloque-se em movimento. Aquele lugar quentinho, confortável pode estar sabotando seu sucesso. Inconscientemente, você pode não se sentir bem o suficiente, merecedor. Se autoconhecer, te permite ter clareza de suas crenças e sabotadores. Chega de dar voz ao seu crítico interno. Ouça sua melhor versão dizendo: Você é capaz! Experimente! Faça! Entre em ação!

Para seu ano de 2017 ser incrível, você deve profundamente querer e fazer diferente. Que seu ano seja repleto de lindas conquistas. Termino este artigo com uma frase linda de Cora Coralina: “Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é decidir. ”

Feliz Ano Novo! Feliz Carreira Nova!

Artigo publicado na coluna Carreira com Propósito de Aline Gomes para a Cloud Coaching:

http://cloudcoaching.com.br/5-sacadas-para-ter-sucesso-profissional-em-2017/post#.WFFzsOYrLIU

Pare de Pensar, Faça!

Você tem uma série de sonhos e objetivos que quer alcançar, mas na hora H você não faz. Se frustra, mas prefere dar voz a seus medos e inseguranças do que no seu potencial. Pensa sempre primeiro negativo, em tudo que pode dar errado.

Se reconhece na descrição acima? Calma, você não é o único. Eu, você, nós somos os maiores destruidores dos nossos sonhos. Mas, e se..? E se?

A expressão “e se” tem um poder grandioso de deixar tudo como está, mesmo que seja uma situação negativa. Sabe porquê? Por causa da sua zona de conforto.

Chega um momento que precisamos tomar uma atitude. E vou te dar uma dica: Pare de Pensar, Faça!

Pare de dar voz aos seus medos, ao negativismo, a sensação de que não é capaz. Quanto mais você alimenta, maior fica.

Pare de reclamar! Você sabe o que significa reclamar? É clamar de novo o que você tanto clama, pede ou fala. Só reclama que nada dá certo, adivinha o que você recebe? Seu pedido é uma ordem.

Pensamos demais, sentimos e vivemos de menos! Não estou aqui dizendo para ser inconsequente ou utópico. Sabemos o quanto refletir e planejar nossos atos e sonhos são fundamentais, mas muitas pessoas pensam demais e não saem do mundo das ideias.

Pensam tanto que bloqueiam seu potencial, de pensar fora da caixa, de ouvir seu coração, de criar algo com a própria marca, de viver o presente, o agora.

Comece a agir, viver, sentir mais! Permita-se ao novo! Você sempre vai colher um aprendizado.

Mas e se der errado? Recomece, se reinvente, tire as lições e siga adiante. Saiba que você está exatamente onde deveria estar. Bom ou não o seu momento atual, está nas suas mãos mudar.

Se arrisque, coloque sua voz no mundo! Saia do piloto automático!

O que não pode é não fazer nada e reclamar que sua vida e carreira não funcionam. Sempre há uma saída.

Lembre-se: a responsabilidade da sua jornada é sua, não dos seus familiares, amigos, gestor, da crise, da empresa. Portanto, assuma o comando da sua história. Seja o protagonista, não o vilão e nem a vítima.

Como? Com ações. Coloque-se em movimento, experimente é grátis!

Você notará o quão forte é com atitudes firmes na direção certa. Dê um passo de cada vez. Você é capaz!

Comece agora de onde você está, com o que você tem. Você já possui tudo que precisa para brilhar. Pare de pensar, faça!

Curtiu o post? Quer receber mais sacadas em seu e-mail? Assine a newsletter do Sacadas de Carreira!

10 Sacadas para uma Carreira de Alta Performance!

Quando descobrimos que resultados extraordinários são realizados por pessoas comuns, o nosso mundo se transforma.

Para conquistar uma carreira de sucesso e alta performance na sua profissão, não precisamos de fórmulas mágicas ou receitas secretas; porém existem passos que fazem toda a diferença nesta jornada.

Mas como atingir a alta performance? Para te apoiar, quero dividir contigo 10 sacadas super especiais para você colocar em prática a partir de agora.

  1. Visualize seus erros e fracassos como grandes oportunidades de mudança. Não entenda seu insucesso como o abismo ou o fim da linha, mas como uma chance de virar a chave e fazer a diferença. Colha os aprendizados, esteja aberto para receber os feedbacks, ajuste a rota e siga adiante de cabeça erguida;
  2. Supere as expectativas. Se você alcançar novos resultados, vai precisar de novas atitudes. Performance mediana é igual a resultados medianos. Faça além do que é esperado de você, mas faça dando o seu melhor e não por uma recompensa. Ela virá como consequência do seu trabalho;
  3. Cuide de suas emoções. Diante da pressão ou necessidade de resistência é fundamental a inteligência emocional. Muitos profissionais, atletas e empreendedores acabam não realizando seus sonhos ou utilizando todo o seu potencial, por não saber equilibrar e lidar com suas emoções. Faça um trabalho com profissionais especializados com psicólogos e coaches para te apoiar;
  4. Tenha metas claras. Defina onde quer chegar e crie um passo a passo com as ações e recursos necessários. Planejar a sua carreira com responsabilidade é assumir o controle de sua jornada;
  5. Foco no seu objetivo. Saiba administrar o seu tempo para direcionar sua energia para o que é vital para sua carreira. Cuidado com as distrações e procrastinação que podem sabotar o seu desempenho;
  6. Mindset para o sucesso. Grandes nomes do esporte e diversas áreas mentalizam a sua performance antes da sua atuação. Projete na sua mente, o seu comportamento com atitudes que te empoderem. Treine a sua mente para te direcionar para seu objetivo. A sua intenção e poder mental criam a sua realidade;
  7. Coragem para arriscar. Desafie-se para ir mais longe. O não você já tem. Use a sua determinação e persistência para te encher de motivação;
  8. Tenha mentores e parceiros. Aprenda a trocar com as outras pessoas e pedir ajudar. Fortaleça o seu networking. Um mentor vai te guiar e te apoiar a lapidar o seu talento;
  9. Clareza do que precisa abrir mão. Para todo objetivo, ganhamos e perdemos algo. Identifique principalmente o que irá abrir mão na busca da alta performance. Não queremos perder nada, mas para conquistar o sucesso pode ser, por exemplo, que você venha a perder horas de lazer, vai abrir mão de finais de semana, vai precisar dizer não, economizar etc. Avalie e tenha consciência destas perdas para seguir em frente;
  10. Busque o autoconhecimento. Conheça o que faz de melhor, para direcionar suas ações para o resultado esperado. Melhoria contínua será a diferença para crescer ainda mais.

Como pode ver, as sacadas acima não são mágicas ou exclusivas; são para qualquer pessoa que entenda que com determinação e comprometimento você conquista resultados de alta performance.

Artigo publicado na coluna Carreira com Propósito de Aline Gomes para a Cloud Coaching:

http://www.cloudcoaching.com.br/10-sacadas-para-uma-carreira-de-alta-performance/post#.V7tjcZgrLIU

Curtiu o artigo? Mande para frente!

Quer receber mais sacadas no seu e-mail? Assine a newsletter do Sacadas de Carreira.

Aprenda a Dizer Não.

Em um mundo repleto de informações, velocidade e responsabilidades, o grande desafio dos profissionais é saber utilizar bem todos estes recursos nas oportunidades a sua volta. Mas o que ocorre, muitas vezes, é assumir uma série de papéis, atividades e desafios; se esquecendo que existe um limite, um equilíbrio. E o que poderia alavancar sua carreira, pode na verdade, prejudicar por conta de uma simples atitude: dizer não.

Parece algo simples, mas muitos profissionais precisam desenvolver esta habilidade de estabelecer limites claros e aprender a dizer não.

O primeiro não que você precisar dar é para você mesmo. Como assim? Você precisa ter clareza do que realmente é importante para você. Definir suas prioridades para o momento atual é o ponto de partida para se estabelecer limites.

Você precisa compreender que não pode carregar o mundo sozinho e pode sim compartilhar com as outras pessoas. Além disso, precisa mapear os seus não negociáveis, ou seja, as coisas que são essenciais para você e não abre mão. Tenha clareza do seu papel e responsabilidade no contexto que está e aprenda a respeitar o seu limite seja mental, comportamental, físico ou emocional.

Isso não quer dizer, deixar o comprometimento de lado ou diminuir seu desempenho; muito pelo contrário, quer dizer, honrar a sua verdade e se respeitar.

O grande vilão de não dizermos não para as pessoas é a Agradabilidade. Por medo ou receio de não ser querido, não receber afeto, atenção, de perder o espaço que conquistamos com as pessoas; acabamos não estabelecendo limites, não deixando claro os papéis e dizendo não. Mas esta é uma recompensa imediata, pois no momento que podemos deixar claro o que queremos, acabamos em busca desta aceitação do outro nos anulando; porém a médio/longo prazo, não resolvemos o problema e nos sentimos frustrados.

Para mudar esta situação, identifique exatamente o que está por trás de evitar dizer não. Se pergunte: Para conseguir dizer não e estabelecer limites, o que vou precisar perder? Qual a recompensa imediata ao evitar o não? Você vai mapear exatamente o que estar te sabotando para mudar este comportamento.

Ao respeitar as suas prioridades você para de se justificar ao dar um não. Muitas vezes, estamos justificando para nós o fato de não poder assumir determinado projeto. Inconscientemente, temos o receito de perder espaço e ser lembrado. Ao invés disso, se pergunte: Como posso ganhar espaço e ter sucesso na carreira, através dos meus talentos, com limites e papéis claros?

Com isso, você receberá as mesmas recompensas, dando o seu melhor, porém honrando a pessoa mais importante: você.

Curtiu o post? Mande para frente!

Meio do Ano Chegou! 6 Passos para Virar o Jogo e Atingir suas Metas!

Chegamos ao meio do ano. Te pergunto: Como andam as suas metas? Você acredita que está no caminho certo ou sente que o ano já está perdido?

Sempre é possível mudar sua atitude e escolher novos caminhos. Sempre é tempo de fazer acontecer!

Se você quer virar o jogo, confira estes 6 passos para conquistar as suas metas:

  1. Revise as suas metas. É hora da verdade! Analise as suas metas e se pergunte se elas são SMART, ou seja, (S) Específica, (M) Mensurável, (A) Atingível, (R) Realista e (T) Tempo – tem prazo para ser realizada. Faça estas perguntas e seja honesta consigo. Realize os ajustes necessários e foco total;
  2. Divida sua meta em pequenas partes. Quando vemos a meta como um todo, ela nos parece inatingível; porém quando dividimos em pequenas etapas para alcançá-la, se torna mais viável. Um exercício é refletir: Quais são as 3 ações macro para a realização desta meta? Na sequência, abra cada uma destas ações em atividades a serem executadas. Ajuda a ter organização e clareza do caminho a seguir;
  3. Planejamento é 50% de sua meta. Para muitas pessoas, ouvir a palavra planejamento é sinônimo de algo burocrático, engessado e chato. Mas não precisa ser assim, afinal você pode encontrar a melhor forma de se organizar e colocar sua meta no papel. Use a sua criatividade para deixá-lo mais prazeroso. Se planejar é antecipar suas ações. É identificar os recursos necessários como tempo, dinheiro, pessoas para mapear tudo que é preciso para conquistar a sua meta. Assim, pode criar um plano para não parar no meio do caminho. Planeje seus próximos 6 meses, semanas ou dia com motivação. Se a meta vale a pena, dê um sacode nesta vibe e siga em frente;
  4. Identifique os ganhos e perdas. Para toda meta, nós ganhamos e perdemos algo. Ter esta clareza, te ajudará a ter foco e determinação. Faça as seguintes perguntas: O que vou ganhar quando obter esta meta? O que eu vou perder quando obter esta meta? O que vou ganhar se não obtiver esta meta? E o que vou perder se não obtiver esta meta? Você vai mapear os seus motivadores e sabotadores. Será um exercício poderoso!;
  5. Use todo o seu potencial. Sim, você possui características, dons e habilidades positivas que fazem a diferença. Se empodere de cada talento e assuma a sua melhor versão, para entrar em ação na direção de sua meta. São os seus talentos que farão você ir mais longe!;
  6. Tenha um mindset de vencedor. Se você acredita que não irá conquistar a sua meta, assim será. Escolha os seus pensamentos e crenças, assim como escolhe as suas roupas. Vista-se de coragem e dê o seu melhor!

Ajuste, refaça, renove o que for necessário. O que não pode é ficar parado, esperando o tempo passar. Coloque-se em movimento, afinal você tem uma meta para conquistar, não é? Quando pensar em desistir, lembre-se dos motivos que o fizeram começar. Agora é com você!

Artigo publicado na coluna Carreira com Propósito de Aline Gomes para a Cloud Coaching:

http://www.cloudcoaching.com.br/meio-do-ano-chegou-6-passos-para-virar-o-jogo-e-atingir-suas-metas/post#.V4k4-bgrLIU 

Curtiu este post? Deixe seu comentário.