Escolha Profissional: Qual caminho seguir?

Um momento de muitas dúvidas e ansiedade para os jovens é a escolha profissional. Alguns possuem desde muito pequeno uma clareza de profissão a seguir, mas para outros há muita angústia e incertezas. Quando isso ocorre, pode gerar uma opção que pode causar arrependimento, frustração e infelicidade.

Os jovens não são preparados para se autoconhecerem e obterem ferramentas para esta escolha ser mais direcionada e assertiva. Há muito estudo para passar no vestibular, mas pouco ou quase nada com um apoio na tomada de decisão.

Para o jovem é uma pressão enorme em acertar, que é dada por ele próprio, pela família e/ou sociedade. Como se não pudesse errar ou fosse um caminho sem volta. Na verdade, você pode escolher sempre, mas é preciso considerar outros fatores como o financeiro, por exemplo.

Uma pesquisa da Foundation Young Australians mostrou que 60% dos jovens do país estão aprendendo profissões que vão deixar de existir pelos avanços tecnológicos e automação. Um estudo da ManpowerGroup, retrata que 65% das profissões que a geração Z, nascidos a partir de 1990, vão atuar, ainda nem existem. Mas as competências mais buscadas para o futuro estão ligadas à criatividade, inteligência emocional e flexibilidade cognitiva.

Uau! Como escolher uma profissão conectada ao futuro e ao que acredito? Para apoiar alguns passos:

  1. Faça um levantamento dos seus pontos positivos comportamentais. Observe o que faz naturalmente bem. Veja nos grupos que participa como família, comunidades, quais habilidades mais utiliza. Por exemplo: lidero o grupo de escoteiros e trabalhos na escola, sou a pessoa que organiza as finanças no futebol, etc. Para ajudar, peça feedback para seus familiares, amigos, professores, etc.
  2. Quais são as coisas que mais gosta de fazer ou aprender? Coloque até mesmo os hobbies, depois faça a seguinte pergunta: Eu trabalharia com games, natação, números, grande parte do meu tempo? Ou será algo que vai me ajudar a relaxar na vida pessoal?
  3. Observe quais são as coisas que mais valoriza. Mapear os valores é essencial; mas vá além dos valores éticos. Por exemplo: sou organizada, adoro ajudar as pessoas, gosto da natureza e sustentabilidade, sou criativo, etc.
  4. Busque pelo seu propósito. Reflita qual papel quer exercer no mundo, o que traz sentido para as coisas que faz, qual legado quer deixar. O jovem não quer ser apenas mais um, então, quem quer ser? Qual impacto ou valor quer gerar no mundo? Quero valorizar o esporte, mudar a educação do meu país, dar acesso à tecnologia, etc.
    Com estes 4 passos pode começar a conectar os pontos em comum, o que chama sua atenção sobre seu perfil, jeito de ser e escolhas. Com isso, pode desenhar quais carreiras pode utilizar estes fatores.

Uma dica é pegar os caminhos que descreveu e passar nos filtros dos 4 passos. Escolha: Quanto vou usar meus pontos fortes de 0 a 10? Quanto vou honrar meus valores e paixões? Vai gerar clareza e motivação.

A partir das escolhas que fazem mais sentido para você, converse com pessoas que exercem a profissão, tome nota dos pontos positivos e negativos de cada. Não veja apenas com uma pessoa as atividades que faz, mas também o mercado, passos para crescer, salário, entre outros.

Caso note que sua escolha seja algo novo ou não exista, pesquise os temas que irá utilizar ao exercer esta profissão. Por exemplo: quero criar um aplicativo para determinado mercado que não possui. Converse com pessoas desta área e de tecnologia. Assim, terá uma base de como se desenvolver e os investimentos necessários.

É fundamental acreditar nos seus sonhos, mas avaliar também o mercado para não se esquecer a realidade e os passos a seguir. Desta forma, sua escolha não será utópica e sim real. Ah quero ser empreendedor e ter meu tempo. Mas muitos empreendedores trabalham sábado, domingo, feriado e até mais que numa empresa corporativa. Veja os dois lados, ok?

Toda profissão é preciso preparo, dedicação, estudo, prática e dar o seu melhor. Vai ter coisas legais e não tão bacanas, mas verá que vai estar conectado com algo que curte, faz sentido para o que acredita e vai estar feliz em realizar.

Faça acontecer e prepare-se para o futuro. Ajuste o caminho sempre que precisar. Peça ajuda, mas jamais duvide do seu potencial de construir uma história de sucesso e realizações.

Quer uma ajuda nesta escolha de sua carreira? Conheça a Make Different! Clique Aqui.

Conheça os 6 mitos sobre trabalhar com o que ama. Veja Agora!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *